O povo que andava nas trevas viu uma grande luz

 

“O povo que andava nas trevas viu uma grande luz; sobre aqueles que habitavam na região tenebrosa resplandeceu uma luz. Vós suscitais um grande regozijo, provocais uma imensa alegria; rejubilam-se diante de vós como na alegria da colheita, como exultam na partilha dos despojos. Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado; a soberania repousa sobre seus ombros, e ele se chama: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da paz.” (Is 9,1-2.5)

O POVO QUE ANDAVA NAS TREVAS VIU UMA GRANDE LUZ

Uso esse texto do profeta Isaías para exemplificar o tipo de alegria que devemos cultivar no natal, a alegria oriunda da gratidão. Ao olharmos o menino Jesus no presépio, devemos nos lembrar que Ele é a luz que dissipa as trevas na nossa vida, que Ele veio para nos trazer a salvação, nos rejubilar com isso e termos o nosso coração agradecido. Quando o nosso coração está cheio de gratidão, então nós somos capazes de fazer coisas boas. Fica mais fácil perdoar quando lembramos que Nele temos a remissão dos nossos pecados e o perdão de nossas faltas. Fica mais fácil ter gestos de bondade e de misericórdia ao lembrarmos que Nele nós somos o objeto da bondade de Deus. Ele veio para ser o mediador de todas as graças para nós. Mesmo que a nossa vida esteja muito difícil agora, que tudo pareça trevas, tudo pode mudar com Ele. Agradecer, confiar e deixar a sua luz inundar a nossa vida, então as coisas começam a mudar.

O texto diz que a soberania repousa sobre os ombros de Jesus, esse menino que nos foi dado. Ele é Senhor dos senhores e Rei dos reis, tudo se dobra diante dele, então podemos com alegria, guardando no coração a certeza de que Ele veio para nos libertar do poder das trevas, entregar a Ele, colocar sob seu senhorio todas as situações difíceis da nossa vida e depois começar a agradecer  pela salvação que chega.

No natal ficamos preocupados em dar tantos presentes para as pessoas, mas o melhor presente que podemos dar é a nossa fé, é mostrarmos com palavras e com gestos que temos um coração confiante e agradecido porque sabemos que um menino nos foi dado e esse menino é o Emanuel, o Deus conosco, que media todas as graças para nós.

Faça a experiência da gratidão. No meio das dificuldades, na correria do dia-a-dia, experimente agradecer a Deus Pai, de todo coração por ter nos dado Jesus. Olhe ao seu redor e com essa luz nova comece a enxergar as coisas boas que você tem ao invés de enxergar somente aquilo que lhe falta. Não reclame, não murmure, agradeça.  Saia das trevas e venha para a luz. Não adianta enfeitar sua casa com luzes para o natal se dentro do seu coração existem trevas.

Fica então o convite: enfeite sua vida para o natal com a luz do coração agradecido e dê de presente para as pessoas a sua fé, a sua confiança Naquele que tudo pode, que é o Deus forte, o Príncipe da paz e então você e todos os que o cercam terão um feliz natal!

Maria Beatriz Spier Vargas
Secretária-Geral do Conselho Nacional da RCCBRASIL


Todas as notícias Moções Proféticas

RCCShop